Vaga

Monitores/Observadores Eleitorais para Eleições Gerais de 2019 (m/f)

MONITOR

O MONITOR está a recrutar Monitores/Observadores Eleitorais para Eleições Gerais de 2019 (m/f), para Nampula e Cabo Delgado, em Moçambique.
Descrição
  • O MONITOR - Justiça, Paz e Democracia, uma plataforma eleitoral composta por 6 organizações da Sociedade Civil sob coordenação da Associação, Desenvolvimento e Sociedade (ADS) que trabalham na monitoria e resposta aos conflitos eleitorais em 20 distritos das províncias de Maputo, Gaza, Sofala, Manica, Zambézia, Nampula e Cabo Delgado com o financiamento da USAID através da Counterpart International. O projecto visa promover eleições Gerais pacíficas, credíveis e sem violência, através de uma componente de Monitoria e Resposta à violência nas eleições
  • No âmbito deste projecto, o MONITOR está a recrutar 48 monitores/observadores eleitorais para observar a campanha e votação que terá lugar a partir de 31 de Agosto e culmina com a votação no dia 15 de Outubro, para os distritos das províncias de Nampula (Nampula cidade, Monapo, Angoche e Nacala Porto) e Cabo Delgado (Mocímboa da Praia e Montepuez)
  • Os monitores seleccionados irão passar por uma formação de 5 dias na cidade de Nampula, espera-se que seja nos dias 5 a 9 de Agosto e começam a trabalhar de 31 de Agosto até dia 16 de Outubro do ano corrente
Requisitos
  • Possuir idade compreendida entre 18 a 40 anos
  • Possuir no mínimo 12ª Classe do Sistema Nacional de Educação (SNE) ou equivalente. Bacharelato ou Licenciatura é preferencial
  • Mostrar-se disponível e motivado
  • Ter facilidade de trabalhar em equipa e possuir uma grande abertura de espírito
  • Ser responsável e dinâmico
  • Possuir experiência comprovada na monitoria/observação eleitoral
  • Ser idóneo e demonstrar neutralidade, imparcialidade, objectividade e inexistência de ideias pré-concebidas, não usar uniforme, símbolos, cores ou outros detalhes que subentendam seu apoio a um dos partidos ou candidatos políticos
  • Não participar em nenhuma campanha, comício, etc. como apoiante de um determinado partido, candidato e ou grupo de proponentes as eleições de 15 de Outubro
  • Ser residente ou ter residência no Distrito onde pretende monitorar há pelo menos 2 anos
  • Falar fluentemente a língua local
  • Escrever e falar fluentemente a língua portuguesa
  • Possuir boa capacidade de compreensão e aplicação da legislação eleitoral
  • Ter domínio da divisão administrativa do distrito (distritos urbanos, localidades e bairros)
  • Ter habilidades no uso de tecnologias de informação e comunicação com ênfase para o smartphone
Notas
  • Indique a fonte desta vaga na sua candidatura: emprego.co.mz
  • Só serão consideradas as candidaturas submetidas dentro do prazo e só serão contactados os candidatos pré-seleccionados até dia 17 do mês em curso
Como se Candidatar
1. Documentação
  • Carta de Manifestação de Interesse indicando o Município/Distrito (Angoche, Monapo, Nacala Porto, Nampula Cidade, Mocímboa da Praia e Montepuez) onde pretende fazer a Monitoria Eleitoral
  • Duas fotos coloridas (Tipo Passe)
  • Curriculum Vitae actualizado
  • Cópia reconhecida do Bilhete de Identidade/Passaporte e válido
  • Prova documental de ter participado em actividades eleitorais é uma vantagem
2. Candidatura
  • Envie um email para monitor.secretariado@gmail.com e indique o assunto "Monitores/Observadores Eleitorais para Eleições Gerais de 2019 - Local onde pretende fazer a Monitoria Eleitoral"
Esta vaga não aceita mais candidaturas

Detalhes

  • Entidade MONITOR
  • Local
  • Categoria
  • Tags
  • Publicado 05.07.2019
  • Expira 14.07.2019
  • Partilhar vaga por email
  • Reportar erro

Perguntas Frequentes

Como posso candidatar-me a vagas através do emprego.co.mz?

Ler artigo