Vaga

Gestor de Projecto de DMU/ONS

Global Programs

A Global Programs está a recrutar um Gestor de Projecto de DMU/ONS para Maputo, em Moçambique.
Descrição
  • A Global Programs for Research and Training baseada em Maputo é uma Organização Não Governamental registada em Moçambique para representar os projectos da Universidade de Califórnia, incluindo a Universidade de Califórnia, São Francisco (UCSF) e a Universidade de Califórnia, Los Angeles (UCLA)
  • Global Programs foi estabelecida em 2016 para dar continuidade ao trabalho da UCSF em Moçambique que há mais de 8 anos em colaboração com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), na iniciativa de PEPFAR, empenha-se no desenvolvimento de capacidades a longo prazo, com vista a apoiar na tomada de decisões baseadas em dados, sobre o atendimento e tratamento do HIV/SIDA no país
  • Mediante o reforço da presença e da qualidade de informação estratégica em Moçambique, o objectivo do apoio técnico é melhorar a utilização dos dados de âmbito nacional para o nível das unidades sanitárias, contribuindo para uma redução sustentável da transmissão do HIV
  • Actualmente, a Global Programs concentra-se nos sistemas de vigilância nacional, de informação sobre saúde, melhoria da qualidade de dados, gestão, disponibilidade e uso de informação. A UCLA em colaboração com a Global Programs concentra-se em fortalecer e treinar os médicos estagiários no tratamento do HIV
  • Descrição do Posto: O Gestor de Projectos da Unidade de Gestão de Dados (DMU)/Observatório Nacional de Saúde (ONS) faz parte integrante da equipa de desenvolvimento da DMU/ONS. Espera-se que o Gestor de Projecto da DMU/ONS providencie liderança à equipa de gestão de dados da Global Programs for Research & Training, Moçambique e mantenha uma estreita ligação com o Coordenador da DMU contratado no INS, Instituto Nacional de Saúde (INS). Como parte dessa função, o Gestor de Projecto da DMU/ONS providenciará supervisão e liderança técnica e programática à equipa da Global Programs apoiada na DMU no INS nas áreas de desenvolvimento de software, infra-estrutura de TI, gestão de dados, desenvolvimento de ferramentas de recolha de dados e análise estatística
  • Espera-se que o Gestor de Projecto da DMU/ONS entre em contacto com uma grande variedade de partes interessadas internas, tais como os Desenvolvedores e Analistas de TI e partes interessadas externas, tais como CDC, INS/MISAU e parceiros. Internamente, o titular da posição terá que estabelecer ligações com o Epidemiologista Sénior para garantir que os objectivos do Observatório Nacional de Saúde (ONS) sejam realizados, em colaboração com CDC
  • Em colaboração com o Líder de Equipa da DMU na Global Programs, o titular da posição apoiará uma equipa de cerca de 3-4 pessoas na área de infra-estrutura de TI, análise de dados e desenvolvimento de software com o objectivo de fornecer serviços de informática de saúde integrados e holísticos ao INS. Embora os projectos variem de ano a ano, os projectos actuais devem incluir o Observatório Nacional de Saúde, um armazém de dados (data warehouse) para os dados de ART para o país (ou seja, MozART ) e a gestão de dados para várias actividades de vigilância, incluindo as populações chave
  • O Gestor de Projectos da DMU/ONS desenvolverá e redigirá os relatórios de actividades trimestrais, bem como o âmbito de trabalho, as justificações orçamentais e os orçamentos anuais para a DMU/ONS em colaboração com a equipa da UCSF em San Francisco. Ele também será responsável pelo estabelecimento e continuação das práticas de comunicação efectivas entre os membros da equipa
Funções
  • Em colaboração com a equipa técnica da UCSF, desenvolver propostas para a DMU/ONS, incluindo propósitos detalhados de trabalho, calendários, orçamentos e justificações orçamentais para as actividades da DMU/ONS
  • Informar sobre as actividades dentro do domínio do trabalho e orçamentos do Projecto da DMU/ONS numa base trimestral e anual, bem como quando solicitado pelo doador
  • Desenvolver e controlar os planos de trabalho e orçamentos para garantir a realização das entregas de acordo com as Declarações de Trabalho (SOWs)
  • Implementar práticas de gestão de projecto para dirigir tarefas, controlar o progresso e fornecer vários status aos principais interessados
  • Gerir as funções de pessoal, incluindo a contratação, gestão e priorização da carga de trabalho, a definição de guiões e a avaliação do desempenho dos funcionários subordinados
  • Coordenar, rastrear e acompanhar os pedidos específicos feitos à equipa da DMU/ONS
  • Estabelecer ligações com o Governo de Moçambique (INS, MISAU, outros), as partes interessadas (CDC, USAID, PEPFAR, ONUSIDA, OMS) e as organizações parceiras para garantir que as metas e objectivos sejam realizados
  • Assistência Técnica no Sistemas de Informação de Saúde (HIS)
  • Administrar a gestão de conjuntos de dados da DMU, incluindo de vigilância e os dados MozART
  • Supervisionar o desenvolvimento de políticas nas áreas de gestão de dados, governação de dados, TI e segurança
  • Interagir entre os investigadores e a equipa de informática para garantir que a DMU forneça soluções de gestão de dados em alinhamento com as práticas comuns de saúde pública
  • Estabelecer ligações com o Director de Epidemiologia e Vigilância para supervisionar o desenvolvimento de soluções específicas de gestão de dados para as actividades específicas de vigilância (incluindo as soluções de gestão de dados e os planos de análise de dados)
  • Apoiar o desenvolvimento dos planos de análise de dados e supervisionar a sua implementação em colaboração com o Analista de Dados
  • Juntamente com o Arquitecto de Armazém de Dados da DMU/ONS, supervisionar e coordenar o componente programático do design, desenvolvimento, implementação e documentação de um armazém de dados que inclui os dados MozART
  • Estabelecer estreitas ligações com o Epidemiologista Sénior para adiantar as metas e os objectivos do ONS
  • Fornecer suporte estatístico geral ao INS, incluindo técnicas de capacitação para liderança e sessões de treinamento programático
  • Orientar os Informáticos, Desenvolvedores e Gestores de Dados mais juniores na Comunicação
  • Organizar reuniões e teleconferências, definir agendas e levar actas de reuniões para facilitar a colaboração dentro de uma configuração de equipa internacional
  • Comunicar-se regularmente com o escritório CDC de Moçambique sobre os principais produtos no âmbito do trabalho e quaisquer desafios
  • Comunicar-se regularmente com os consultores técnicos da sede da UCSF para garantir a entrega de saídas e resultados
Requisitos
  • Licenciatura adequada em Saúde Pública, Bioestatística, Epidemiologia, Informática em Saúde ou equivalente
  • Pelo menos cinco anos de experiência a trabalhar no sector de saúde pública com foco na gestão de dados, investigação, vigilância e/ou estatística
  • Pelo menos três anos de experiência em gestão de projectos e/ou programas
  • Pelo menos dois anos de experiência em liderança e experiência de supervisão
  • Experiência em prioritização, coordenação e planeamento efectivos de gestão de projectos e as suas tarefas relacionadas
  • Experiência na área de HIV/SIDA e/ou implementação de programas de saúde pública, incluindo sistemas de informação de saúde ou informática
  • Fortes competências analíticas, de resolução de problemas e de tomada de decisões
  • Excelentes competências de comunicação e de empenho das partes interessadas
  • Experiência demonstrável na execução de análises estatísticas através de pelo menos um pacote estatístico, como STATA ou R
  • Capacidade de trabalhar profissional e colaborativamente num ambiente de equipa multicultural, distribuído e internacional
  • Experiência com os programas e/ou dadores da PEPFAR é uma vantagem
  • Capacidade de trabalhar em horários flexíveis, incluindo algumas noites conforme necessário
  • Fluência, na comunicação oral e escrita, em Português e em Inglês
  • Capacidade de trabalhar com foco em atenção aos detalhes
Notas
  • Apenas candidatos pré-seleccionados serão contactados
  • Os candidatos devem submeter o seu CV em Português e Inglês, acompanhado de uma carta de candidatura, indicando o título da posição no ”assunto”

Esta vaga não aceita mais candidaturas

Detalhes

Perguntas Frequentes

Como posso candidatar-me a vagas através do emprego.co.mz?

Ler artigo