Vaga

Gestor da Secção de Fiscalização da área de Conservação (m/f)

WCS - Wildlife Conservation Society

A WCS está a recrutar um Gestor da Secção de Fiscalização da área de Conservação (m/f), para Niassa, em Moçambique.
Descrição
  • Em parceria, a WCS e a Administração Nacional de Áreas de Conservação (ANAC), fazem a gestão da REN - Reserva Especial do Niassa nas províncias de Niassa e Cabo Delgado, no norte de Moçambique. A Reserva Especial do Niassa é a maior área de conservação de Moçambique, com 42.200 km2 de habitats miombo, montanhosos e ribeirinhos que, com áreas adjacentes, suportam as maiores populações selvagens remanescentes de grandes mamíferos sem vedação em Moçambique
  • Perfil da Vaga: Esta posição requer um indivíduo carismático, com a capacidade de desenvolver fortes relacionamentos com as autoridades moçambicanas e outras partes interessadas, e o compromisso de garantir a coesão e o sucesso da equipa de gerenciamento de reservas. Com um sólido entendimento de gestão financeira, aplicação da lei de conservação e gerenciamento de áreas de conservação, o indivíduo tem a capacidade de unir e liderar com confiança as partes interessadas e colegas em direcção a uma visão comum da Reserva
  • A REN, através do seu parceiro de co-gestão a WCS, pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um Gestor da Secção de Fiscalização da área de Conservação
  • Posição a reportar-se ao: Gestor de Operações de Campo e coordenar com o Chefe da Fiscalização
  • Local de trabalho: Mbatamila, Niassa
  • Programa/Sector: Moçambique/África Oriental, Madagascar e região do Oceano Índico Ocidental
  • Inicio do contrato de trabalho: 01 de Abril de 2021
  • Posição a liderar ao: Comandante de secção da fiscalização, líderes de patrulha, oficial de logística, oficial de manutenção, oficial de comunidades e monitoramento
  • Viagens previstas: Caso necessário, o ocupante do cargo poderá viajar dentro da Reserva Especial do Niassa, bem como nacional ou internacional, conforme a necessidade do trabalho
  • Este cargo deve ser ocupado por pessoa singular (de preferência de Nacionalidade Moçambicana), com experiência na gestão de equipas operacionais em áreas de conservação em Moçambique. Deve possuir noções da legislação em vigor em Moçambique sobre áreas de conservação e competências de liderança. Deve possuir experiência em operações policiais ou fiscalização em uma área de conservação remota e desafiadora
  • Deve ter experiência em gestão de acampamentos de campo e operações em áreas protegidas. Capacidade de desenvolver relações fortes a todos os níveis da Reserva Especial do Niassa, desde a Administração da Reserva, bem como com parceiros, que incluem operadores, entidades governamentais, não governamentais e comunitárias
Funções
  • Elaborar e gerir planos de actividades, estimativas orçamentais para a secção garantindo uma implementação eficaz e com boa qualidade de desempenho, a serem analisados e aprovados pela equipa de gestão da Reserva Especial do Niassa
  • Implementar estratégias eficazes e eficientes de fiscalização com base no uso de inteligência e informações científicas eficazes
  • Coordenar as operações de fiscalização ao nível da secção, incluindo monitoria, planeamento e implementação do plano de patrulha e operações e colaboração com outras forças de fiscalização
  • Permitir políticas e procedimentos padrão para todos os aspectos operacionais da secção
  • Assegurar que os infractores sejam processados de acordo com a lei e que os casos sejam devidamente acompanhados durante o processo judicial, em estreita coordenação com o Chefe da Fiscalização e o Advogado da REN
  • Organizar e viabilizar com os demais gestores, a logística completa (alimentação, hospedagem, transporte e equipamentos) para a secção
  • Supervisionar a colecta de informações, levando à acção e direccionando a colecta de informações no nível da secção em coordenação com o analista de inteligência e base de dados
  • Garantir que todo o pessoal da secção esteja equipado com as ferramentas, equipamentos e roupas adequadas para realizar seu trabalho de maneira adequada
  • Coordenar o desenvolvimento da infraestrutura de operações e manutenção da secção
  • Construir relações e fortalecer mecanismos de coordenação e comunicação com a polícia, operadores, autoridades locais relevantes e comunidades
  • Gerir e controlar todos os inventários de equipamentos e materiais alocados à secção, bem como materiais confiscados, troféus recuperados, etc.
  • Assegurar o cumprimento dos trâmites legais para as actividades turísticas (caça conservacionista ou ecoturismo) desenvolvidas na secção
  • Em coordenação com o departamento Comunitário, promover iniciativas de subsistência da comunidade nas aldeias inseridas na secção ou nas áreas de desenvolvimento comunitário
  • Manter a motivação, os padrões e a disciplina na equipa da secção e efectuar a gestão e avaliação de desempenho
  • Coordenação da produção do arquivo e acompanhamento dos processos em andamento
  • Operar de acordo com as leis da República de Moçambique, os regulamentos internos da Reserva e as políticas e procedimentos da ANAC e WCS Moçambique
  • Outros deveres: Desempenhar quaisquer outras tarefas que possam ser atribuídas
Requisitos
  • Pelo menos 5 anos de experiência profissional em cargos ou áreas semelhantes, ter trabalhado na Reserva Especial do Niassa ou outra área nacional protegida é uma vantagem
  • O conhecimento da gestão de áreas protegidas e tácticas de implementação, vida selvagem, bem como do quadro institucional, legal e político de Moçambique é uma vantagem
  • Forte capacidade organizacional e experiência comprovada em planeamento de actividades, orçamento, gestão, relatórios e monitoramento de desempenho
  • Capacidade de orientar equipas na aplicação praticas orientadas para resultados
  • Capacidade de usar uma variedade de pacotes de MS office
  • Portador de carta de condução válida
  • Fortes habilidades de comunicação interpessoal, incluindo a capacidade de trabalhar e se comunicar de forma eficaz e manter relacionamentos sólidos com uma ampla gama de pessoas (incluindo polícia, promotores, governo local, operadores, comunidades e a equipa WCS)
  • Excelentes habilidades de comunicação oral e escrita em Português, conhecimento de Inglês e as línguas locais, como o swahili é uma vantagem, especialmente o swahíli
  • Auto-motivado, disciplinado e capaz de trabalhar em acampamentos rudimentares e remotos por longos períodos de tempo
  • Flexibilidade, optimismo, bom humor, paixão pela excelência, automotivação para alcançar um fim colectivo
  • Forte conhecimento do quadro institucional, legal e político e legislação de conservação em Moçambique
  • Conhecimentos práticos de gestão de áreas de conservação e técnicas de aplicação
  • Experiência de trabalho e residência em locais remotos por um longo período de tempo
Notas
  • Apenas candidatos pré-seleccionados serão contactados
  • Indique a fonte desta vaga na sua candidatura: emprego.co.mz
  • Os candidatos interessados deverão submeter as suas candidaturas enviando uma carta de candidatura e CV, incluindo os nomes e contactos de três referências
  • A WCS é um empregador que da oportunidades iguais e esta organização cumpre com todas as leis e regulamentos trabalhistas que proíbem a discriminação na contratação e garante que os candidatos de todas as origens sejam considerados de forma justa e consistente durante o processo de recrutamento. Estamos empenhados em contratar e apoiar uma força de trabalho diversificada. Estamos empenhados em cultivar um ambiente de trabalho inclusivo e procuramos futuros membros da equipa que compartilhem o mesmo valor
  • A WCS oferece oportunidades iguais de emprego para todos os candidatos qualificados. A WCS não discrimina o emprego com base na idade, cor, deficiência, identidade de género, nacionalidade, raça, religião, orientação sexual, condição de veterano ou qualquer outra característica protegida por leis e regulamentos
Como se Candidatar
1. Documentação
  • Carta de Apresentação
  • Curriculum Vitae
2. Candidatura
  • Envie um email para wcsmozambique@wcs.org e indique o assunto "Gestor da Secção de Fiscalização da área de Conservação"
Perfil da empresa

  • A Wildlife Conservation Society (WCS) é uma organização não governamental isenta de impostos dos EUA, fundada em 1895, que protege a fauna e a área selvagem através da compreensão de questões críticas, criando soluções científicas e promovendo acções de conservação que beneficiam a natureza e a humanidade. Com mais de um século de experiência, compromissos de longo prazo em dezenas de áreas, presença em mais de 60 países e experiência em ajudar a estabelecer mais de 150 áreas protegidas em todo o mundo, a WCS acumulou conhecimento biológico, entendimento cultural e parcerias para garantir que lugares vibrantes, com flora e fauna, prosperam junto com as comunidades locais. Trabalhando com comunidades e organizações locais, esse conhecimento é aplicado para abordar questões de maneio de espécies, habitats e ecossistemas críticos para melhorar a qualidade de vida das pessoas desfavorecidas da zona rural, cujos meios de subsistência dependem do uso directo dos recursos naturais.

Detalhes

Perguntas Frequentes

Como posso candidatar-me a vagas através do emprego.co.mz?

Ler artigo