Vaga

Epidemiologista Júnior (m/f)

CISM - Centro de Investigação em Saúde de Manhiça

O CISM está a recrutar um Epidemiologista Júnior (m/f), para Manhiça, em Moçambique.
Funções
  • Ponto focal para questões epidemiológicas e técnicas relacionadas com actividades de campo
  • Conduzir proactivamente análises e identificar potenciais abordagens ou estratégias para o diagnóstico, prevenção e eliminação da malária
  • Liderar os processos de planificação, implementação e monitoria dos componentes epidemiológicos dos estudos de vigilância molecular da malária e outros afins
  • Coordenar com as ciências sociais sempre que possível a disseminação dos objectivos do estudo e os critérios para adesão
  • Prestar apoio logístico e administrativo nas actividades de engajamento nas comunidades ou sites de estudo
  • Apoiar no controlo e resolução de qualquer não-conformidade nas plataformas de gestão de dados e laboratorial
  • Prover periodicamente os dados actualizados dos recrutamentos
  • Apoiar na compilação dos relatórios de recrutamento, registo de entrada de amostras no sistema de gestão (p.e SERVOLAB, REDCAP) e verificar se não há perdas de amostras
  • Apoiar sempre que necessário na avaliação dos procedimentos do estudo e no desenho de medidas corretivas se forem precisas
  • Assegurar a disponibilidade dos documentos necessários para o funcionamento do estudo Fazer a solicitação e gestão de material para as actividades de campo
  • Apoiar no desenvolvimento e implementação de todo o projecto, de acordo com a estratégia definida, dentro do croonograma definido
  • Trabalhar juntamente com a equipe de coordenação de actividades de campo (Investigadores, Assistente de pesquisa e de Projecto) no desenho, implementação e monitoramento das actividades com a componente epidemiológica de malária
  • Supervisionar a implementação de projectos analíticos relacionados com a epidemiologia, intervenção e vigilância da malária (gestão de dados, análises espaciais e cartográficas, interpretação de dados, etc.)
  • Supervisionar a concepção, implementação, análise e divulgação de projectos de investigação operacionais relacionados com a vigilância molecular da malária
  • Gerir e supervisionar todas actividades de campo de relacionadas com os estudos de vigilância molecular da malária e outros afins
  • Treinar e supervisionar o pessoal clínico, trabalhadores de campo nas actividades de recrutamento de participantes, recolha de dados, colheita e acondicionamento de amostras
  • Registar e propor acções correctivas das incidências nas actividades de campo
  • Supervisionar o pessoal clínico e os trabalhadores de campo na recolha de dados com tablets ou formulários físicos
  • Assegurar e garantir a qualidade de dados e amostras colhidas no âmbito do estudo
  • Assegurar um funcionamento eficiente do circuito de dados, desde a recolha, revisão, upload, limpeza/edição na plataforma de gestão de dados
  • Garantir a qualidade dos mesmos (dados), monitorar o fluxograma dos dados e resultados dos participantes do estudo
  • Elaborar relatório do progresso das actividades no campo
  • Efectuar visitas de avaliação e reconhecimento da área de estudo
  • Apoiar o Assistente de projecto e de pesquisa na limpeza/edição em REDCap e resolver “queries” semanalmente de modo a não acumular erros na base de dados
  • Fazer a revisão dos Consentimentos informados, inquéritos, folhas de requisição, folhas de monitoria e folhas de resultados
  • Gerir e desenvolver recursos e melhores práticas para partilhar lições entre equipas
  • Sintetizar e divulgar resultados através de apresentações, relatórios e publicações de alta qualidade
  • Planificação das actividades de campo seguindo o cronograma do estudo
  • Organizar, limpar e integrar conjuntos de dados
  • Realizar análises estatísticas com os diferentes pacotes estatísticos (R, SPSS, EpiInfo,etc.)
  • Desenvolver e interpretar mapas e estratificações de risco de malária
  • Participar no desenho de estudos epidemiológicos e na identificação de ferramentas para a recolha e análise de dados epidemiológicos
  • Analisar e interpretar os dados epidemiológicos
  • Conceber e implementar actividades de monitorização e avaliação do estudo
  • Rever e assegurar directrizes de vigilância e análise de alta qualidade
  • Participar noutras tarefas requeridas pelo seu superior e que sejam compatíveis com a sua formação acadêmica e profissional
  • Criar e assegurar as aprovações necessárias pelos comités internos e/ou externos aplicáveis (exemplo: Comités de Ética, Conselhos Científicos, etc) assim como os procedimentos normalizados de trabalho
  • Garantir um arquivo adequado do estudo (cópias impressas ou documentação electrónica) de todos documentos relacionados com o estudo (Protocolos, acordos, CVs, Certificados, Delegation log, PEE, POPs, Consentimentos, Correspondências, etc.
Requisitos
  • Licenciatura numa área relacionada (Epidemiologia, Estatística, Bioestatística, Ciências da Saúde, Ciências Biológicas ou outras áreas afins com um forte enfoque em análise de dados. Ter o Grau de mestre em áreas relacionadas é uma mais valia
  • Pelo menos três (3) anos de experiência comprovada no sector da Saúde. Isso deve incluir ampla experiência em análise, gestão de informação, monitoria e avaliação
  • Experiência em desenho, implementação e monitoria de estudos epidemiológicos
  • Conhecimento de metodologias de avaliação, colecta e análise de dados
  • Experiência com Sistemas de Informação em Saúde e Estatística Sanitária
  • Experiência na implementação e utilização dos Sistemas de Informação para Saúde (p.e plataforma DHIS2)
  • Ter experiência na colheita de dados usando meios electrónicos (tablet ou smartphone)
  • Domínio de ferramentas de análise de dados epidemiológicos
  • Experiência na concepção, realização e análise de inquéritos epidemiológicos
  • Experiência em programação estatística e análise geoespacial (incluindo experiência com R, SAS, STATA, ArcGIS e/ou outro software relevante)
  • Capacidade para elaborar procedimentos operacionais padrões de estudo
  • Experiência em actividades de coordenação de estudo, no âmbito de recrutamento, recolha de dados clinicos, fazer UPLOAD, fazer o download do data set REDCap
  • Experiência na Limpeza/edição em REDCap e resolução de “queries”
  • Competências excepcionais na análise epidemiológica de dados de saúde e na aplicação de análises para a tomada de decisões
  • Capacidade de gerenciar situações de alto estresse
  • Habilidades de liderança e de resolução de problemas/conflitos
  • Capacidade de trabalhar de forma independente e em equipa
  • Boa compreensão das metodologias de pesquisa e ética da pesquisa
  • Habilidade de comunicar efectivamente com vários tipos de audiência, incluindo leigos, pesquisadores e profissionais de saúde
  • Altos níveis de proficiência em Microsoft Word, Excel, PowerPoint, e aplicações de Internet
  • Proficiência na redacção de relatórios e outras comunicações escritas concisas
  • Capacidade de trabalhar independentemente em ambientes remotos e não estruturados e de se adaptar a novos ambientes e desafios
  • Capacidade de colaborar e operar como parte de uma equipa multi-cultural
  • Competências excepcionais de comunicação escrita e oral
  • Capacidade de equilibrar múltiplas prioridades e cumprir prazos exigentes
  • Excelentes capacidades de comunicação interpessoal, oral e escrita
  • Proficiência na comunicação oral e escrita em Português e Inglês
  • Disponibilidade para viajar extensivamente (40-50% do tempo)
  • Disponibilidade imediata e a tempo inteiro
  • Conhecimento da malária, e/ou outras doenças infecciosas no país
  • Experiência de trabalho em estudos de malária com a componente epidemiológica, num período de 2 a 3 anos
  • Conhecimento de sistema/plataformas demográficas
  • Entusiasmo pela aplicação de métodos de investigação para resolver problemas de saúde no país e gosto pela literatura científica
  • Interesse pela área de pesquisa biomédica com enfoque para malária
  • Experiência em programação e/ou trabalho com plataformas de vigilância (ex. DHIS2), ferramentas de recolha de dados (ex. ODK) e/ou aplicações de visualização de dados
  • Experiência de trabalho em ambientes de elevada pressão, orientados para a produtividade
  • Experiência de vida ou trabalho em ambientes com recursos limitados ou áreas rurais
  • Fluência nas línguas locais
Notas
  • Em todos os processos de recrutamento selecção de candidaturas, o CISM pauta pelos princípios de ética, transparência, imparcialidade e igualdade de oportunidades, sendo assim, serão contactados apenas os candidatos que reunirem os requisitos necessários

Detalhes

Perguntas Frequentes

Como posso candidatar-me a vagas através do emprego.co.mz?

Ler artigo