Vaga

Director Adjunto do Programa

Counterpart International

A Counterpart International está a recrutar um Director Adjunto do Programa para Maputo, em Moçambique.
Descrição
  • O programa Parceria Cívica Para Boa Governação (PCBG) financiado pela Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e implementado pela Counterpart International é um programa de quatro anos que apoia uma governação democrática responsável e efectiva, através de parcerias com até 18 organizações da sociedade civil (CSOs) trabalhando em sete sectores: conservação da biodiversidade, mudanças climáticas, educação básica, indústria extractiva, saúde, governação transparente e responsável e eleições
  • O Director(a) Adjunto(a) (DCOP) apoiará a Directora do Projecto na gestão geral do projecto. Em particular, o DCOP será responsável pela direcção técnica e pela supervisão da capacitação e fortalecimento da advocacia para as organizações da sociedade civil. Espera-se que ele/ela interaja regularmente com a equipe do projecto e a equipe da Missão, bem como com os parceiros das OSC e todas as partes interessadas no programa
Funções
  • Apoiar a Directora do Projecto na gestão geral do programa
  • Fornecer liderança técnica sobre o fortalecimento da capacidade da sociedade civil e fortalecer os componentes
  • Liderar o desenvolvimento de estratégias de programas, planificação e implementação de actividades do programa, assegurando a coesão entre as componentes do programa
  • Orientar e garantir a mais alta qualidade de monitoria, avaliação, relatórios e comunicações do projecto
  • Garantir o cumprimento das regras e regulamentos da Counterpart e da USAID, particularmente no que diz respeito à gestão financeira e de subvenções
  • Proporcionar apoio a monitoria e desenvolvimento profissional ao pessoal do projecto, com ênfase na capacitação do pessoal nacional
  • Representar a Counterpart junto da USAID, autoridades governamentais locais e nacionais, ONGs locais, organizações comunitárias e outras organizações doadoras
Requisitos
  • Mestrado em Ciências Sociais, Desenvolvimento Internacional, Comunicações, Assuntos Públicos ou outro campo relacionado é o preferido
  • Mínimo de sete anos (7) de experiência técnica demonstrada em uma combinação das seguintes áreas técnicas: educação, saúde e HIV/AIDS, meios de vida rurais sustentáveis, meio ambiente, advocacia, transparência nas indústrias extractivas e políticas públicas
  • Experiência anterior no fornecimento de capacitação técnica às OSC nas áreas acima mencionadas
  • Pelo menos cinco (5) anos de gestão de projectos para projectos financiados por doadores, incluindo pelo menos três (3) anos com programas financiados pela USAID
  • Experiência demonstrada com envolvimento cívico e iniciativas de responsabilização do governo em Moçambique
  • Experiência significativa na administração de programas financiados por doadores para apoiar o desenvolvimento da capacidade organizacional preferido
  • Excelentes habilidades de comunicação organizacionais, analíticas, orais e escritas
  • Liderança de equipe e habilidades de gerenciamento demonstradas
  • Compromisso com a integração de gênero, experiência com integração de gênero
  • Fluência em Inglês
Notas
  • Apenas candidatos pré-seleccionados serão contactados
  • A posição está aberta apenas a cidadãos moçambicanos
  • Por favor inclua o CV e uma carta informando sua disponibilidade e expectativa salarial
Como se Candidatar

Esta vaga não aceita mais candidaturas

Detalhes

Perguntas Frequentes

Como posso candidatar-me a vagas através do emprego.co.mz?

Ler artigo