Vaga

Coordenador de Monitoria e Avaliação (m/f)

FH Association

A FH Association está a recrutar um Coordenador de Monitoria e Avaliação (m/f) para Inhambane, em Moçambique.
Descrição
  • A Food For The Hungry Association é uma Organização Não Governamental Cristã, sem fins lucrativos. A FH é um empregador que oferece oportunidade iguais e acredita que as mulheres podem ser bem-sucedidas em qualquer função e encoraja-as a candidatarem-se a estas oportunidades. Na FH operamos sob um conjunto de princípios aos quais chamamos “batimento cardíaco” que incluem os nossos valores, visão e propósito que explicam quem nós somos e como é que nós trabalhamos como organização. Juntos respondemos ao chamamento de Deus para a erradicação do sofrimento humano e graduação das comunidades da pobreza extrema
  • No âmbito da implementação do Programa de Emergência de Apoio à Alimentação (EFSP) com a duração de sete meses, financiado pela USAID/FFP nos distritos de Panda e Funhalouro, na província de Inhambane, para apoiar as famílias e comunidades vulneráveis à insegurança alimentar durante o ano 2018/2019, estamos a recrutar um Coordenador de Monitoria e Avaliação (m/f) com o objectivo de garantir que as principais normas na concepção, monitorização e avaliação, bem como no processo de selecção dos beneficiários, sejam cumpridos nos dois distritos da província de Inhambane onde o projecto EFSP será implementado
Funções
  • Apoiar desde fase de desenho das modalidades de comida/dinheiro, identificando especificamente os indicadores chave
  • Desenvolver o plano de M&A do projecto EFSP
  • Liderar o processo de identificação, registo e verificação de beneficiários, bem como as reclamações decorrentes do processo em coordenação com o INGC e outros parceiros
  • Liderar a equipa e o processo de recolha, compilação e análise de dados
  • Garantir o uso efectivo dos critérios e metas acordados, especialmente para os lares que atendem aos critérios de economia e nutrição em um contexto em que as fases de IPC (Segurança Alimentar Integrada e Classificação de Fase Humanitária) foram identificadas pelo Governo (SETSAN)
  • Formar e orientar a equipa em métodos de recolha de dados e assegurar que a mesma compreende os dados requeridos
  • Gerir o processo de desenho de projecto do distrito em colaboração com outros membros da equipa, para assegurar que o processo inclui as contribuições das comunidades e do Governo ao mesmo tempo, em que adere aos padrões humanitários globais
  • Assegurar que todos os documentos de desenho do projecto e anexos estão completos incluindo os logframes, os planos de M&A, as tabelas de rastreamento dos indicadores, os planos de mitigação dos riscos e tabelas de sustentabilidade
  • Receber e processar dados de monitoria, preparar relatórios regulares sobre o progresso e destacar quaisquer desafios
  • Realizar verificações pontuais periódicas das actividades para verificar se decorrem conforme planeado
  • Trabalhar em estreita colaboração com a equipa do projecto, sede da FH, equipas regionais e a equipa do projecto da Visão Mundial para publicar as lições relevantes aprendidas e/ou estudos de caso, relativos à programação monetária e alimentar no contexto de Moçambique
  • Apoiar todos esforços em prol da prestação de contas, especificamente aos beneficiários e aos padrões internacionais que orientam o trabalho internacional de assistência e desenvolvimento
  • Analisar e assegurar que os relatórios relacionados com os fundos distribuídos aos beneficiários ou fornecedores e o número de beneficiários sejam produzidos a tempo, para apresentação e concordância com os relatórios produzidos por outros departamentos
Requisitos
  • Relacionamento pessoal vibrante com Jesus Cristo, concordância com os fundamentos e crenças Cristãos da FH expressos no “Batimento cardíaco”
  • Pós-graduação em Gestão de Projectos, Políticas Públicas, em estudos de desenvolvimento internacional, saúde pública ou outro campo relacionado; ou a combinação equivalente de educação e experiência em gestão de projecto humanitário com baseados na ajuda alimentar e/ou programação baseada em dinheiro
  • 3-5 Anos de experiência trabalhando em NGO na área de M&A
  • Excelentes habilidades pessoais e interpessoais
  • Proficiência no uso de Microsoft Office, plataforma Google e tecnologias virtuais, como Skype e/ou GoToMeeting
  • Excelentes habilidades organizacionais
  • Capacidade trabalhar de forma criativa e independente
  • Capacidade de interagir positivamente com todos os níveis da organização e através das fronteiras organizacionais e culturais
  • Familiaridade com o sistema de ajuda humanitária e capacidade de compreender os requisitos dos doadores e do governo
  • Proficiência em Inglês e Português falado e escrito
Notas
  • Apenas candidatos pré-seleccionados serão contactados
Documentação
  • Carta de Apresentação
  • Curriculum Vitae com pelo menos 3 (três) contactos para referências, incluindo endereço de e-mail, Skype ID e contacto telefónico
  • Bilhete de Identidade

Esta vaga não aceita mais candidaturas

Detalhes

Perguntas Frequentes

Como posso candidatar-me a vagas através do emprego.co.mz?

Ler artigo