Vaga

Consultor de Políticas Educacionais (m/f)

Counterpart International

A Counterpart International está a recrutar um Consultor de Políticas Educacionais (m/f) para Maputo, em Moçambique.
Descrição
  • A Counterpart International ajuda a construir vidas melhores e futuros duráveis, de comunidade em comunidade. Equipamos indivíduos, organizações e comunidades - nossas contrapartes- para tornarem-se criadoras de soluções em suas próprias famílias, comunidades, regiões e países. Trabalhamos com eles em alguns dos lugares mais desafiantes do mundo, para atacar questões sociais, económicas, ambientais, de Saúde e de governação que ameaçam suas vidas e minam seu futuro
  • Para mais informações sobre a Counterpart, por favor visite nosso website em www.Counterpart.org
  • A Counterpart International busca um Consultor de Políticas Educacionais para ajudar o seu parceiro, Movimento Educação Para Todos (MEPT), trabalhando no sector da educação, a renovar seu trabalho de advocacia particularmente revisando e destacando as lacunas de políticas que impedem o investimento equitativo e adequado em estudantes nas províncias de Moçambique. O programa Parceria Cívica para Boa Governação (PCBG), financiado pela Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), que visa fortalecer o impacto do activismo cívico para melhorar a responsabilização e governação democrática efectiva nos sectores da Conservação da Biodiversidade, Mudanças Climáticas, Educação, Indústria Extractiva, Saúde/HIV e Governação transparente, responsável e eleições
  • Com o apoio e sob a supervisão do Especialista em Advocacia, o Consultor entregará um conjunto de acções detalhadas no escopo ou no trabalho abaixo.
  • A consultoria será implementada durante um período de 24 dias, de 13 de Maio a 14 de Junho de 2019
Âmbito do Trabalho
Resultados: Relatório inicial
Marco Histórico
  • Mapear e realizar uma análise crítica da lacuna da legislação nacional existente (boas práticas internacionais existentes) sobre orçamentos e despesas do sector da educação básica, com ênfase na alocação por estudante e em todas as províncias, nos últimos três anos
  • Mapear e conduzir uma análise crítica das lacunas dos documentos existentes (estratégias e planos nacionais) e relatórios sobre orçamento e gastos da educação básica produzidos pelo MEPT
  • Descrever e determinar a metodologia para realizar a análise do acompanhamento orçamental e gastos no sector da educação básica a nível nacional
  • Proposta de actividades de pesquisa de campo a serem realizadas nos distritos de Namacurra e Mocuba e lista de instituições/pessoas a serem entrevistadas, para informar o estudo
  • Prazo: 4 Dias após assinatura do contrato
Resultados
  • Relatório de análise do campo
Marco Histórico
  • Com base na metodologia descrita no resultado 1 conduza um estudo de caso com base em evidências sobre análise das lacunas no acompanhamento do orçamento no sector da educação básica e despesas nos distrito de Namacurra e Mocuba, na Zambézia para informar o resumo da política do MEPT a ser desenvolvido como resultado 04
  • Prazo: 8 Dias após o envio do resultado 1
Resultados
  • Desenhar e treinar o pessoal sobre o sistema de rastreamento de orçamento e respectivo guia do usuário
Marco Histórico
  • Desenhar e entregar uma ferramenta digital de rastreamento de orçamento e instalá-la na lista de quatro computadores pessoais do MEPT
  • Desenvolver um guia de fácil utilização para uso pelo MEPT/organizações da sociedade civil e líderes comunitários
  • Desenvolver currículo de treinamento e conteúdos sobre o acompanhamento, supervisão e participação no orçamento do sector da educação nos processos de elaboração de orçamentos
  • Através do treinamento “on the job”, trainar os membros do MEPT em acompanhamento orçamental
  • Lista de membros do MEPT treinados
  • Prazo: 5 dias após o envio do resultado 2
Resultados
  • Desenvolver um resumo das políticas e treinar o pessoal do MEPT sobre o seu uso
Marco Histórico
  • Realçar as principais lacunas no orçamento da educação básica e as despesas com estudos de caso de Mocuba e Namacurra
  • Principais recomendações das políticas destinadas a abordar o investimento desigual por aluno em cada província em todo o país
  • Pacote de treinamento (currículo e conteúdo) para o pessoal do MEPT sobre como usar o resumo da política
  • Lista das pessoas do MEPT treinadas
  • Prazo: 4 dias após o envio do resultado 4
Resultados
  • Relatório de mesa redonda com pessoal relevante do Governo na área de educação e acções de acompanhamento acordadas
Marco Histórico
  • TdR e conteúdo para a mesa redonda com os fazedores das polícias do sector
  • Acções concretas de acompanhamento da lei sobre revisões de alocação orçamentária
  • Lista de contactos do pessoal relevante do governo que trabalha com questões orçamentárias para acompanhamento pelo MEPT
  • Prazo: 3 dias após o envio do resultado 4
Requisitos
  • Imprescindível: Licenciatura em Administração Pública, Políticas Públicas, Direito Público ou outros campos relevantes
  • Pelo menos dez (10) anos de experiência em administração de educação e/ou políticas públicas
  • Ampla experiência no fornecimento de consultoria estratégica no desenvolvimento de políticas públicas e trabalho com rastreamento de orçamento
  • Capacidade de engajar-se com partes interessadas do sector público e privado
  • Compreensão das questões de integração de género
  • Capacidade e vontade de viajar pelo Moçambique, conforme necessário
  • Experiência em Moçambique e experiência de trabalhar e fazer acompanhamento dos formuladores de políticas
  • Excelentes habilidades de comunicação em Inglês e capacidade de ler, escrever e dar treinamentos em Português
  • Preferido: Mestrado e/ou Doutoramento em Administração Pública, Políticas Públicas, Direito Público ou outros campos relevantes
  • Experiência substancial em trabalhando com ONGs, organizações da ONU e/ou sociedade civil
Critério de avaliação
  • O consultor será avaliado contra uma combinação de critérios técnicos e financeiros. Pontuação máxima é de 100%
  • A avaliação técnica incluirá o seguinte:
  • Critério - Pontuação
  • Qualificações e experiências anteriores - 20%
  • Proposta técnica e metodologia - 50%
  • Proposta financeira - 30%
  • Total: 100%
Notas
  • Apenas candidatos pré-seleccionados serão contactados
  • Indique a fonte desta vaga na sua candidatura: emprego.co.mz
  • Os candidatos interessados devem enviar uma proposta técnica incluindo a sua taxa diária de consultoria, declaração sobre a capacidade de viajar para a província da Zambézia e um Curriculum Vitae para o email descrito
  • Candidaturas que não obedecem as instruções podem ser desqualificadas
  • A Counterpart International reserva o direito de aceitar ou rejeitar as propostas
Como se Candidatar
1. Documentação
  • Carta de Apresentação
  • Curriculum Vitae
  • Proposta Técnica
2. Candidatura
Esta vaga não aceita mais candidaturas

Detalhes

  • Entidade Counterpart International
  • Local
  • Categoria
  • Tags
  • Publicado 13.05.2019
  • Expira 27.05.2019
  • Partilhar vaga por email
  • Reportar erro

Perguntas Frequentes

Como posso candidatar-me a vagas através do emprego.co.mz?

Ler artigo