Vaga

Conselheiro Leigo para Tuberculose (m/f)

Ariel Glaser Pediatric AIDS Foundation

A Fundação Ariel Glaser está a recrutar um Conselheiro Leigo para Tuberculose (m/f) para Boane, Magude, Manhiça, Marracuene, Matola, Moamba, Namaacha e Matutuine, em Moçambique.
Descrição
  • A Fundação Ariel Glaser contra o SIDA Pediátrico (ARIEL), uma ONG Nacional que trabalha em parceria com as Direcções Provinciais de Saúde, Serviços Distritais de Saúde da Mulher e Acção Social (SDSMAS) e Hospitais Rurais (HR) nas Províncias de Maputo e Cabo Delgado. Apoia a implementação, acesso e expansão dos Serviços Clínicos de HIV integrados e de qualidade, especificamente o Programa de Saúde Materno Infantil (SMI)/Prevenção de Transmissão Vertical (PTV), Cuidados e tratamento Anti - retroviral (TARV) para Crianças e Adultos e apoio psicossocial através de uma abordagem de Fortalecimento do Sistema Nacional de Saúde
  • Conselheiro Leigo para Tuberculose é responsável por realizar actividades de aconselhamento e de educação em saúde orientados para os cuidados do utente com Tuberculose Presuntiva ou diagnosticada e seus familiares nas Unidades Sanitárias: sectores de triagem, sala de espera e gabinete de atendimento de doentes com tuberculose assim como na comunidade, a fim de encorajar a prevenção e/ou correcto seguimento do tratamento desta doença e outras associadas como o HIV/SIDA e a desnutrição
Funções
Rastreio de Tuberculose e HIV nas Salas de Espera/Gabinetes de Triagem
  • Rastrear sinais e sintomas de tuberculose dos utentes que aguardam para consulta nas salas de espera e priorizar seu atendimento
  • Rastrear sinais e sintomas de tuberculose nos utentes que entram no gabinete para consulta de triagem
  • Seguir todos os passos da ligação dos utentes identificados com tuberculose, HIV+ ou co-infectados TB/HIV
Aconselhamento e Testagem para HIV
  • Fazer palestras matinais no sector sobre a tuberculose e HIV com enfoque no modo de transmissão, tratamento e formas de prevenção
  • Testar para HIV a todos os utentes Suspeitos de TB
  • Aconselhamento pré e pós-testagem para HIV aos pacientes com tuberculose à entrada no sector
  • Oferecer aconselhamento e testagem para HIV aos familiares dos pacientes em seguimento no sector
  • Acolhimento inicial: abertura de processo clínico para todos Pacientes recém-diagnosticados no sector ou referidos para o sector incluindo crianças, mulheres grávidas e lactantes
Rastreio de Contactos e Prevenção de Tuberculose
  • Apoiar na abertura das fichas de rastreio de contactos de TB para cada utente novo inscrito no sector e articular com o Enfermeiro/Clinico o registo no livro de TB o resultado do rastreio de contactos
  • Fazer aconselhamento para o rastreio de contactos dos pacientes com TB e fazer o referenciamento físico de todas as crianças menores de 15 anos para o seguimento na CCR
  • Apoiar no levantamento semanal de crianças em seguimento na CCR e cruzar com a informação do sector
  • Alocar pacientes com TB ou TB/HIV aos conselheiros comunitários para rastreio dos contactos na comunidade
Seguimento de Apoio Psicossocial
  • Realizar aconselhamento a pacientes novos em tratamento de tuberculose desde o dia da entrada no sector para garantir a sua adesão e continuação no tratamento de TB
  • Oferecer o pacote de APSS/PP para os utentes co-infectados TB/HIV desde o início do TARV e em todas as consultas de seguimento
  • Realizar aconselhamento a pacientes que apresentam risco de baixa adesão no contexto clínico considerando o perfil de abandonos de cada província
  • Abrir ficha de Reforço de adesão para todos os pacientes co-infectados com factores de risco identificados no APSS/PP
  • Preencher ficha de seguimento de APSS/PP, reportando informações relevantes quanto ao seguimento psicossocial de cada paciente
  • Identificar e separar FILAS de faltosos e abandonos, em seguida efectuar o preenchimento no respectivo livro (faltosos e abandonos) e fazer chamadas de reintegração
  • Fazer a separação das fichas de tratamento dos pacientes faltosos ao tratamento de TB, registar no respectivo de seguimento e efectuar as suas chamadas para reintegração
  • Realizar visitas domiciliárias de apoio ou de reintegração dos pacientes com TB ou TB/HIV
  • Realizar chamadas de apoio para reforçar a necessidade de rastrear os contactos dos pacientes com TB ou TB/HIV na US ou comunidade
  • Referência e Contra referência dos contactos dos pacientes com TB ou TB/HIV
Organização do sector de Tuberculose
  • Apoiar o Enfermeiro/Clínico do sector na entrega de medicamentos e na DOT-I aos pacientes em Tratamento de TB
  • Manter organizada a pasta de Fichas Mestras de todos os utentes em seguimento de TB/HIV+
  • Manter organizado o ficheiro de fichas de tratamento em arquivo móvel de modo a permitir uma fácil e rápida identificação de Faltosos e Abandonos ao tratamento da TB;
  • Gerir o ficheiro móvel (FILA) do sector e apoiar na actualização do Mini-LRDA para facilitar o levantamento de medicamentos ARV´s na Farmácia
  • Apoiar na manutenção do sector sempre limpo e confortável para a equipa e para os utentes
  • Participar nos comités de Tuberculose da Unidade Sanitária
  • Apoiar na compilação do relatório de ATS, quantificação dos testes de HIV e na sua requisição para o sector
  • Enviar diariamente os processos de pacientes co-infectados TB/HIV para o sector de Digitação e recolher de volta no dia seguinte
  • Manter um bom vínculo com os actores comunitários para permitir um bom fluxo dos pacientes referidos da comunidade e as referências dos faltosos e abandonos para visita domiciliar sempre que for necessário
Requisitos
  • 10ª Classe
  • Idade inferior a 35 anos
  • Fluência em língua portuguesa e línguas locais
  • Formação em aconselhamento em saúde e HIV será uma vantagem
  • Habilidade para educação e aconselhamento em saúde assim como trabalho social
  • Domínio de uso de tecnologias de informação e comunicação (SmartPhones, e-mail)
  • Boa capacidade de comunicação
  • Espírito de equipa, flexibilidade e diplomacia
Notas
  • Apenas candidatos pré-seleccionados serão contactados
  • Indique a fonte desta vaga na sua candidatura: emprego.co.mz
  • Se reúne os requisitos já enumerados e tem experiência comprovada, envie os documentos abaixo
Como se Candidatar
1. Documentação
  • Carta de Motivação
  • B.I autenticado
  • Certificado de Habilitações Literárias autenticado
  • CV detalhado em formato Word e em Português
2. Candidatura
  • Os interessados devem submeter as candidaturas aos Serviços Distritais de Saúde, Mulher e Acção Social (SDSMAS) correspondentes aos distritos na qual se candidatam, ou devem ser entregues nos escritórios da Sede sito na Av. Agostinho Neto, Nº 620, na Matola sito na Rua da Missão nº 315 e em Pemba na Rua da Base Moçambique, nº 640.

Detalhes

  • Entidade Ariel Glaser Pediatric AIDS Foundation
  • Local
  • Categoria
  • Tags
  • Publicado 19.02.2021
  • Expira 05.03.2021
  • Partilhar vaga por email
  • Reportar erro

Perguntas Frequentes

Como posso candidatar-me a vagas através do emprego.co.mz?

Ler artigo