Vaga

Assistentes Comunitários (m/f)

PSI – Population Services International

A PSI está a recrutar Assistentes Comunitários (m/f) para Sofala e Nampula, em Moçambique.
Funções
  • Reportando ao Coordenador de Comunicação Interpessoal, o candidato seleccionado terá a função de coordenar e garantir a implementação das actividades de criação da demanda para serviços de Planeamento Familiar (PF) na zona urbana, assim como de criar condições para aumentar a qualidade e impacto das acções. As responsabilidades específicas compreendem mas não se limitam no seguinte: Coordenar as Promotoras de Saúde Comunitária (PSC) e a formação
  • Garantir que todas as PSC estejam devidamente uniformizadas, devendo para isso fornecer crachás, pastas de costas, camiseta e boné
  • Apoiar as PSC na elaboração e implementação dos planos mensais de actividades
  • Identificar as necessidades de formação das PSC e Criação da Demanda e comunicar o Oficial de Serviços Clínicos ou Coordenador de Comunicação Interpessoal
  • Recrutar, formar e manter uma equipa de PSC forte, responsável e integrada na província, orientada para o aumento da demanda de serviços de SSR
  • Fazer a formação das PSC e das enfermeiras em PF, criação da demanda de PF e uso da Plataforma Monitoria da Demanda
  • Coordenação das actividades de criação da demanda: Implementar as actividades de criação da demanda dentro do espetro programático aprovado
  • Criar condições para que as actividades de criação tenham todos os materiais (megafones, etc)
  • Mapear mulheres em idade fértil e áreas comunitárias não cobertas das zonas de acção das PSC por Distrito, Posto Administrativo, Unidade, Bairro e Quarteirão e garantir que as PSC cobrem de uma forma faseada
  • Garantir que PSC usem correcta e consistentemente o Guião de Implementação das sessões e visitas aos usuários
  • Orientar e assegurar que as PSC estão a criar a demanda para as Unidades Sanitárias, e garantir que cada PSC tenha referências efectivas
  • Realizar encontros periódicos de sensibilização sobre o projecto e coordenação de actividades com as Lideranças Comunitárias e pessoas influentes dos Distrito, Posto Administrativo, Unidade, Bairro e Quarteirão
  • Formar mensalmente lideranças comunitárias nas barreiras de PF identificadas, clarificação de valores e mensagens de PF
  • Monitoria e Supervisão das Actividades de Criação da Demanda: Supervisar a criação da demanda pelas PSC em cada Unidade Sanitária: Assegurar a qualidade das mensagens enfatizando nos benefícios do PF, dos métodos contraceptivos, dos métodos de longa duração de acordo com as necessidades da utente e respeito a escolha informada
  • Garantir o compliance/escolha informada nas sessões de sensibilização da PSC
  • Garantir o cumprimento das de visitas a beneficiária por cada uma das PSC, de acordo com as necessidades, barreiras socioculturais da utente
  • Garantir a recolha das barreiras de PF das mulheres em idade fértil na zona urbana
  • Reportar diariamente o ponto de situação das actividades e desempenho de cada PSC na criação da demanda usando o Sistema de Monitoria
  • Coordenar a realização dos encontros semanais e mensais de planificação, análise do desempenho e balanço com todas as PSC e Enfermeiras para a análise das actividades de criação da demanda, resultados do Sistema de Monitoria, partilha de experiências e orientações recebidas
  • Assegurar o uso correcto e consistente do Sistema de Monitoria pelos Provedores de Saúde e PSC, funcionamento devido e reporte de constrangimentos à equipa de programas de imediato
  • Implementar as recomendações da Tutoria de Qualidade referentes a criação da demanda
  • Fazer a documentação das lições aprendidas, histórias de sucesso, avanços e desafios na área de criação da demanda
Requisitos
  • Nível académico médio em Ciências de Saúde, Sociais ou outra área relevante
  • Conhecimentos profundos na área de Saúde Sexual e Reprodutiva (SSR)
  • Fluência em Português e línguas locais
  • Experiência mínima de 3 anos na implementação de programas de SSR na comunidade
  • Confiança e capacidade de contactos positivos com as comunidades e demais actores sociais, além de muita capacidade diplomática para desenvolver boas relações com estes actores e promover boas relações entre eles
  • Capacidade para administrar formações para os membros de grupos comunitários e fornecer-lhes suporte técnico
  • Capacidade para organizar, planificar e implementar tarefas, lidar com várias exigências em simultâneo e trabalhar sobre pressão ou frequentes prazos apertados
  • Fortes capacidades interpessoais e capacidade de estabelecer e manter uma efectiva parceria e relações de trabalho com pessoas multiculturais e ambientes multiétnicos com sensibilidade e respeito pela diversidade
  • Competências em gestão de projectos (concepção, planificação, controle, avaliação, marco lógico e indicadores)
  • Ter domínio de informática
  • Possuir carta de condução de motociclos
Notas
  • Apenas candidatos pré-seleccionados serão contactados
  • O candidato ideal deverá ter elevado sentido de responsabilidade, zelo, ética profissional, capacidade de organização, capacidade rápida de aprendizagem e fortes habilidades de comunicação

Detalhes

Perguntas Frequentes

Como posso candidatar-me a vagas através do emprego.co.mz?

Ler artigo