Vaga

Assessor Técnico para Violência Baseada no Género (m/f)

Ariel Glaser Pediatric AIDS Foundation

A Fundação Ariel Glaser está a recrutar um Assessor Técnico para Violência Baseada no Género (m/f) para Maputo, em Moçambique.
Descrição
  • A Fundação Ariel Glaser contra o SIDA Pediátrico é uma ONG nacional que trabalha em parceria com a Direcção Provincial de Saúde, Serviços Distritais de Saúde da Mulher e Acção Social (SDSMAS) e Hospitais Rurais (HR) nas Províncias de Maputo e Cabo Delgado. Apoia a implementação, acesso e expansão dos Serviços Clínicos de HIV integrados e de qualidade, especificamente o Programa de Saúde Materno Infantil (SMI)/Prevenção de Transmissão Vertical (PTV), Cuidados e tratamento Anti - retroviral (TARV) para Crianças e Adultos e apoio psicossocial através de uma abordagem de Fortalecimento do Sistema Nacional de Saúde. A mesma pretende recrutar candidatos de nacionalidade moçambicana para a vaga seguinte: Assessor (a) Técnico para Violência Baseada no Género (Código-VBG) - 1 Vaga Ministério da Saúde
  • Objectivo: O (A) Assessor(a) Técnico(a) para VBG baseada no MISAU implementará as actividades que visam consolidar a prevenção da VBG, do HIV e redução da vulnerabilidade de raparigas e rapazes adolescentes e apoiar na prevenção e resposta a violência baseada no género, contra mulheres criança
  • Resumo da Posição: O/A assessor Técnico (a) para Violência Baseada no Género colocada no MISAU, tem a responsabilidade primária de assessorar o gestor da Unidade de Resposta VBG no MISAU e de participar activamente com outros parceiros, na identificação e desenho de estratégias para melhorar o acesso e a cobertura de serviços de prevenção, cuidados, tratamento e mitigação da VBG de qualidade. A Posição é responsável por apoiar o MISAU na implementação de políticas, normas e medidas inovadoras para aumentar o acesso e cobertura dos serviços de prevenção, cuidado e tratamento pós violência para mulheres, especialmente crianças e adolescentes através de políticas alinhadas com o MISAU, PEPFAR, OMS e outras globalmente recomendadas
Funções
  • Dar assessoria técnica para o desenvolvimento de estratégias, políticas, procedimentos, normas, manuais, materiais técnicos/instrumentos nacionais, nomeadamente em matéria de cuidados e tratamento pós-violência e sua prevenção em concordância com as políticas nacionais e internacionais por forma a alcançar as metas e objectivos do programa de VBG
  • Participar nos grupos técnicos de Trabalho do MISAU e com outros parceiros por forma a apoiar na determinação e priorização de iniciativas técnicas apropriadas para desenvolver e aprimorar estratégias de redução de vulnerabilidade das mulheres crianças e adolescentes
  • Transferir conhecimento para o pessoal do quadro do MISAU
  • Garantir a qualidade dos serviços das províncias através de visitas de supervisão, orientação técnica, e na implementação dos instrumentos de melhoria de qualidade recomendados pelo MISAU
  • Elaborar atempadamente relatórios mensais, trimestrais e anuais da sua unidade técnica para o MISAU
  • Contribuir para pesquisas operacionais (avaliação de saúde pública) para avaliar a eficácia e identificar as lições aprendidas e melhores práticas da Unidade de VBG
  • Apoiar o desenvolvimento de protocolos de pesquisa, a produção de artigos científicos em coordenação com a gestora da Unidade de VBG
  • Desenvolver e manter excelentes relações com colegas, parceiros e doadores para garantir uma boa implementação das actividades do programa
  • Participar em reuniões com os parceiros e os doadores
  • Rever materiais técnicos e novas publicações, com intuito de manter a coordenadora e a equipe técnica actualizada em abordagens mais actualizadas e eficazes na área de VBG
  • Elaboração e revisão de materiais técnicos e de formação;
  • Apoiar a responsável do programa de VBG na coordenação com outras instituições governamentais e não-governamentais tais como: Ministérios MGCAS, MINT, IPAJ, Universidades, OCB, para cumprimento das metas da Unidade de VBG
Requisitos
  • Médico(a) especialista em Saúde Pública ou médico (a) de clínica geral ou psicólogo (a) clinico com experiência comprovada na matéria de VBG (incluindo conhecimento de aspectos médicos legais ligados a VBG, e domínio de fluxo de referenciamento-contrareferência e interacção multissectorial -Comunidade, Justiça e US), e de Saúde Materno-Infantil
  • Pelo menos 05 anos de experiência na elaboração de propostas, relatórios técnicos, materiais educativos e de formação na área de saúde
  • Conhecimentos sobre saúde do adolescente, HIV/SIDA, ITS, Saúde Reprodutiva, sua relação com género e violência contra mulheres, especialmente crianças, adolescentes e exploração sexual
  • Excelentes habilidades de liderança, comunicação, apresentação, coordenação e trabalho em equipa
  • Capacidade para trabalhar sob pressão e interagir com parceiros, e doadores
  • Proficiência em Microsoft Office na óptica do utilizador (Excel, Word, Outlook, PowerPoint) internet e trabalho virtual
  • Capacidade para trabalhar com autonomia e responsabilidade
  • Fluência verbal e escrita em Português e bom conhecimento de Inglês falado e escrito
  • Extensa habilidade e conhecimento em monitoria e avaliação (tanto no método quantitativo como no qualitativo) comprovada em formação, orientação, tutoria e supervisão
  • Nacionalidade moçambicana
  • Possuir duas a três cartas de idoneidade comprovada em ter trabalhado nos projectos similares de violência
  • Disponibilidade Imediata - Outubro de 2020
Notas
  • Apenas candidatos pré-seleccionados serão contactados
  • Indique a fonte desta vaga na sua candidatura: emprego.co.mz
  • Local do posto: Maputo, com deslocações regulares para as províncias
Como se Candidatar
1. Documentação
  • Carta de Apresentação
  • Curriculum Vitae
2. Candidatura
  • Envie um email para candidaturas@arielglaser.org.mz e indique o assunto "Assessor Técnico para Violência Baseada no Género" ou entregue nos nossos escritórios Sede sito na Av. Agostinho Neto, Nº 620, na Matola sito na Rua da Missão nº 315 e em Pemba na Rua da Base Moçambique, nº 640

Detalhes

Perguntas Frequentes

Como posso candidatar-me a vagas através do emprego.co.mz?

Ler artigo