Vacancy

Especialista Técnico de Gênero

Counterpart International

A Counterpart International está a recrutar um Especialista Técnico de Gênero para Maputo, em Moçambique.
Descrição
  • A Counterpart International ajuda as pessoas a construir vidas melhores e futuros mais duráveis, comunidade por comunidade. Equipamos indivíduos, organizações e comunidades - nossas contrapartes - para se tornarem criadores de soluções em suas próprias famílias, comunidades, regiões e países. Trabalhamos com eles em alguns dos lugares mais desafiadores do mundo para lidar com questões sociais, económicas, ambientais, de saúde e de governança que ameaçam suas vidas e prejudicam seu futuro
  • Para mais informações sobre a Counterpart, por favor visite nosso website em www.Counterpart.org
  • A Counterpart International pretende contratar um/a Especialista Técnico de Gênero, para prestar apoio técnico sobre gênero e inclusão social (GIS) para seu programa de quatro anos, de Parceria Cívica para a Boa Governação (PCBG), com sede em Maputo, Moçambique. O programa do PCBG, financiado pelas Agências dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), trabalha para fortalecer o impacto do activismo cívico para melhorar a governança democrática, responsável e eficaz nos sectores alvo do programa, que incluem conservação da biodiversidade, mudança climática, educação, industrias extractivas, saúde, governança transparente e responsável e eleições
  • Com o apoio e sob a supervisão do Chefe do Partido (Chief of Party-COP), o Consultor/a proverá apoio em capacitação sobre gênero e inclusão social às organizações parceiras do Programa para as actividades e aos membros da equipa, com foco principal sobre os aspectos relativos a mulheres, jovens e Pessoas com deficiências
  • O Programa de PCBG desenvolveu um plano de acção de gênero em setembro de 2016 e as recomendações deste documento foram integradas na concepção do projecto em curso, implementado pelas organizações beneficiárias. No processo de selecção das organizações, estas são exigidas a demonstrar como integram as questões de gênero, pessoas vivendo com deficiências (PCD) e jovens em seu trabalho. Espera-se que, os futuros parceiros do Programa integrem essas questões em seu trabalho, em suas relações de colaboração com outras organizações e grupos, bem como em suas próprias organizações
  • Esta é uma posição de consultoria com sede em Maputo, por um período de 20 dias úteis
Funções
  • Desenhar um modelo genérico para integração Gênero e Inclusão Social (GIS), o qual os parceiros possam usar no desenvolvimento de suas políticas em geral, bem como a política de GIS, para adoção em suas organizações
  • Desenhar e prover um treinamento para os parceiros, a fim de permitir que eles levem adiante esse trabalho e integrem em suas organizações de forma efectiva e sustentável
  • Proporcionar orientação ao pessoal do PCBG sobre o modelo, para assegurar que a liderança das organizações beneficiárias compreenda e promova considerações de igualdade de gênero/inclusão social nas políticas organizacionais, nas práticas de recrutamento, contratação e promoção, e crie espaços e oportunidades para mulheres, jovens, pessoas com deficiência e outros grupos minoritários, para construir habilidades técnicas e de liderança
  • Desenvolver material sobre as melhores práticas do GIS replicáveis para o contexto das organizações em Moçambique, para ser compartilhado com os parceiros do PCBG. Podia-se também incluir pelo menos 2 encontros de discussão com a CPI ao longo do trabalho
  • Quaisquer outras tarefas atribuídas pela COP
Requisitos
  • Mínimo nível universitário, grau avançado em tópico relevante preferido
  • Mínimo de 7 anos de experiência profissional relevante, ou combinação equivalente de educação
  • Experiência em treinamento, coaching e mentoria de pessoal
  • Demonstrada experiência relevante e conhecimentos técnicos em questões de género, juventude e/ou PCD em Moçambique
  • Experiência na concepção e realização de workshops de desenvolvimento de capacidades participativos e fortalecedores
  • Demonstrada familiaridade com as Organizações da sociedade civil moçambicanas e as partes interessadas (stakeholders) envolvidas em questões e programas focados no género, juventude e PCD
  • Capacidade e vontade de viajar para o campo conforme necessário
  • Capacidade de trabalhar sob pressão e cumprir prazos apertados, com supervisão mínima
  • Forte habilidade de redacção de relatórios, habilidades analíticas, de comunicação e interpessoais
  • Excelentes conhecimentos de informática (Microsoft Word, Excel e PowerPoint)
  • Excelentes habilidades de comunicação em Inglês e fluência na língua portuguesa
Critério de avaliação
  • O/a consultor/a será avaliado/a contra uma combinação de critérios técnicos e financeiros. A Pontuação máxima é de 100%. A avaliação técnica incluirá o seguinte:
  • Critérios - Pontuação
  • Experiência passada e qualificações: 20%
  • Conhecimento profissional substancial e experiência profissional no GSI em Moçambique: 50%
  • Preço: 30%
  • Total: 100%
Notas
  • Apenas candidatos pré-seleccionados serão contactados
  • Indique a fonte desta vaga na sua candidatura: emprego.co.mz
  • As candidaturas que não seguem as instruções podem ser desqualificados
  • A Counterpart International se reserva o direito de aceitar ou rejeitar uma oferta
Como se Candidatar
1. Documentação
  • Carta de Apresentação
  • Curriculum Vitae
2. Candidatura
Esta vaga não aceita mais candidaturas

Details

Frequently Asked Questions

How can I apply for vacancies through emprego.co.mz?

Read Article