Vacancy

Director Adjunto do Projecto (m/f)

Counterpart International

A Counterpart International está a recrutar um Director Adjunto do Projecto (m/f) para Maputo, em Moçambique.
Descrição
  • A Counterpart International é uma organização de desenvolvimento global que capacita pessoas e comunidades a implementar soluções inovadoras e duradouras para desafios sociais, económicos e ambientais. Por quase 50 anos, a Counterpart tem desenvolvido parcerias com comunidades necessitadas para abordar problemas complexos relacionados ao desenvolvimento económico, segurança alimentar e nutrição, e construir governação e instituições eficazes
  • Para mais informações e para se inscrever online visite: www.Counterpart.org
  • A counterpart international está actualmente buscando um Director/a Adjunto do Projecto (DCOP) para seu programa Parceria Cívica para Boa Governação (PCBG) apoiado pela USAID, que fortalecerá o impacto do activismo cívico para melhorar a governação democrática efectiva e responsável nos sectores alvo. Os sectores-alvo são Conservação da biodiversidade, mudanças climáticas, educação, indústria extractivista, saúde, governação e eleições
  • O DCOP apoiará a Directora do Projecto na gestão. Em particular, o DCOP será responsável pela direcção técnica e pela supervisão do fortalecimento da capacidade e fortalecimento da defesa de direitos para grupos da sociedade civil, bem como pela implementação de uma componente de monitoramento de eleições. Espera-se que ele/ela interaja regularmente com o projecto e a equipe da missão, bem como com os parceiros das Organizações da Sociedade Civil e todas as partes interessadas no programa
Funções
  • Apoiar a Directora do Projecto na gestão geral do programa
  • Fornecer liderança técnica para a sociedade civil, capacitação, fortalecimento de advocacia e componentes de monitoria de eleições
  • Liderar o desenvolvimento de estratégias de programas, planificação e implementação de actividades do programa, assegurando a coesão entre os componentes do programa
  • Desenvolver termos de referências, recrutar e gerir formadores/consultores conforme necessário, garantir que os resultados atendam aos padrões de qualidade e valor
  • Ajudar a liderar o processo anual de planificação de trabalho
  • Orientar e garantir a mais alta qualidade de monitoria, avaliação, relatórios e comunicações do projecto
  • Documentar os sucessos, desafios e lições aprendidas da implementação e compartilhá-los com a Counterpart e a USAID por meio de relatórios regulares do programa e do portal on-line de gestão de conhecimento
  • Garantir o cumprimento das regras e regulamentos da Counterpart e da USAID, particularmente no que diz respeito à gestão financeira e de subsídios
  • Fornecer apoio a mentoria e desenvolvimento profissional do pessoal do projecto, com ênfase na capacitação do pessoal nacional
  • Representar a Counterpart da USAID, autoridades governamentais locais e nacionais, ONG’s locais, organizações comunitárias e outras organizações doadoras
Requisitos
  • Um Mestrado em Ciências Sociais, Desenvolvimento Internacional, Comunicações, Assuntos Públicos ou outro campo relacionado é o preferido
  • Mínimo de sete anos (7) de experiência técnica demonstrada em advocacia, fortalecimento da Sociedade Civil, capacitação organizacional ou eleições
  • Pelo menos cinco (5) anos de gestão de projectos para projectos financiados por doadores, incluindo pelo menos três (3) anos com programas financiados pela USAID
  • Experiência demonstrada com iniciativas de envolvimento cívico e responsabilidade do Governo na África Subsariana, idealmente nos países Lusófonos
  • Experiência significativa na administração de programas financiados por doadores para apoiar o desenvolvimento de capacidade organizacional preferido
  • Excelente capacidade de comunicação organizacional, analítica, oral e escrita
  • Liderança de equipa e habilidades de gerenciamento demonstradas
  • Compromisso com a integração de género, experiência com integração de género
  • Fluente da língua inglesa é necessária. Nível profissional falando, lendo e escrevendo em Português
  • Os nacionais moçambicanos são encorajados a candidatar-se
Notas
  • Apenas candidatos pré-seleccionados serão contactados
  • Por favor, inclua o CV e uma carta informando sua disponibilidade, expectativa de salário. Inclua também duas amostras do seu trabalho escrito em Inglês com uma breve descrição de cada amostra de escrita
Como se Candidatar
This vacancy is no longer accepting applications

Details

Frequently Asked Questions

How can I apply for vacancies through emprego.co.mz?

Read Article